sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Politicamente escrorreto


Você já deve saber o que é a onda do politicamente correto, certo? É uma linha de pensamento chata que não assombrou a minha infância nem adolescência, mas que está perturbando as novas gerações.


De acordo com a Wikipedia, esta chateação começou a ganhar força de verdade já na década de 90, muito embora suas bases sejam anteriores.

Pois bem, a coisa tomou tal proporção que o CONAR, órgão responsável pela autorregulamentação da propaganda no Brasil se viu obrigado a lançar o comercial acima e o comercial abaixo, numa tentativa de desmascarar os exageros do politicamente correto.


Mas a onda do politicamente escroto foi maior que o próprio CONAR, que não escapou ileso! O fato é que ninguém mais pode falar mais nada sobre nada nem ninguém. Todo cuidado é pouco ao nos referirmos a negros, judeus, mulheres, homossexuais etc.

Mas ainda tá liberado falar de árabes e muçulmanos em geral (será que é esta a causa de tanta bomba?) e das vítimas preferenciais de todos: os gordos. Pois é, ninguém defende os gordos. O gordo é piada pra todo mundo: os caras do Mundo Canibal, em todo Partoba que sai, sempre zoam os gordos, chamando-os de dinossauros, monstros, etc. Faça uma busca no Google pelo seguinte termo entre aspas: "gordo gordoso gordeando", e vc achará quase 1000 resultados.

E por enquanto ainda estão liberadas as piadas de português e de papagaio. Aproveita agora, porque daqui a pouco podem proibir.

Decidi escrever um pouco sobre isto porque hoje me toquei de que essa onda do politicamente correto é tão massificante que já inseriu suas garras malignas até mesmo na minha mente tresloucada! Assisti o novo comercial da FIAT com o Thiaguinho cantando "Caraca, moleque!" ao ver as ofertas. No final, o cantor lança um "aproveita, moleque!", e eu pensei: "Pronto. Vai vir mimimi de grupos feministas/feminazi dizendo que a propaganda é machista, e que só homem compra carro, porque mulher só pilota fogão".

Algoritmo para mulheres

Outro dia, quando vi o novo e maravilhoso comercial "Verão chegou", da Itaipava (DELÍCIA!!!!), pensei algo parecido: "Pronto, agora vai vir mimimi de grupos feministas/feminazi dizendo que a propaganda é machista e depreciativa da mulher".

Caraca, moleque! Essa praga mimimizenta é tão repetitiva que se instalou silenciosamente, como o Baidu Antivirus, na minha mente! E se isso é verdade para mim, que tenho mais de 40, sou de uma geração em que a gente saía na porrada na escola e não ficava de mimimi sobre bullying, imagina o que está fazendo com as novas gerações!

Não vou me estender mais porque vocês não estão aqui pra ler um livro, mas um blog. Quem quiser se aprofundar no tema, pode ler este excelente artigo.

Vamos continuar o assunto nos comentários? Afinal, muitos de nós são persona non grata em ~um certo blog~ justamente por causa de comentários e imagens politicamente incorretos, não é verdade?

MRJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário