terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Justiça saudita não saudável

Tradução: "Kibe + refresco R$ 3,50"

Os terroristas muçulmanos não se cansam de aprontar merdas. Se você acha que ser terrorista é só jogar aviões no prédio dos outros, explodir ônibus escolar e matar cartunistas, você está por fora. Países árabes regidos pela Sharia também têm justiça - ou algo que eles entendem como justiça.

E eis que um blogueiro saudita, chamado Raif Badawi, acabou de ser condenado e começar a cumprir sua pena. Seu crime? Criar um blog, chamado Árabes Sauditas Liberais, com um fórum público, com a finalidade de discutir ideias para reformar o regime do país, regido pela Lei Islâmica.

Inicialmente, foi preso em 2012, acusado de renúncia à fé islâmica (crime que leva à pena de morte!). Em 2013, foi condenado a cumprir 7 anos de prisão e levar 600 chibatadas(!!!!).

Recorreu, e teve sua sentença agravada para 10 anos de prisão, 1000(mil!) chibatadas e uma multa equivalente a mais de 250 mil dólares(!). Acho que eu recorreria de novo, pra ver se dava a sorte de pegar a pena de morte.

As chibatadas serão aplicadas em ~suaves prestações~ de 50 a cada semana por 20 semanas, e Raif já recebeu a primeira leva na última sexta-feira. Foram 15 minutos de bordoadas em praça pública.

Convenhamos: só Indiana Jones e Tiazinha deveriam usar isto!

Esta cena de "justiça" da Arábia Maldita Saudita, entendida por nós, no Ocidente, como barbárie, tem gerado mobilizações pelo mundo todo, e gerado diversas reportagens

Falando sério, minha gente: será que a Terceira Guerra vai ser Islã x Resto do Mundo? Tá ficando feia a coisa. Se bem que, pensando em Brasil, perderemos as gostosinhas de biquíni na praia, o Carnaval vai acabar, mas, em compensação, se a moda da chibatada pegar, acho que os políticos vão tomar jeito.


MRJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário